Você pode ganhar até R$ 5.000,00 em indenização.
Saiba mais
Ícone da Resolvoo
@resolvoobr
|
Ícone de calendário
November 22, 2023

Menor pode viajar de avião sozinho?

Este artigo esclarece dúvidas sobre idade mínima, autorizações necessárias, taxas adicionais e oferece dicas para garantir uma viagem tranquila e segura para os menores desacompanhados.

Muitos pais e responsáveis ficam na dúvida sobre as condições para que crianças e adolescentes possam viajar sozinhos de avião. Neste artigo, vamos esclarecer todas as dúvidas sobre o assunto e ajudá-lo a entender quais são as condições que devem ser cumpridas para que a viagem do seu filho seja segura e tranquila.

Qual a idade mínima para viagens de menores desacompanhados?

A idade mínima permitida para que crianças e adolescentes possam viajar sozinhos de avião varia de acordo com a companhia aérea. No entanto, a maioria das empresas exige que o menor tenha pelo menos 12 anos de idade. É importante lembrar que, para viagens internacionais, é necessário que o menor tenha passaporte válido e visto de entrada no país de destino.

Quais são as condições para a viagem de menores desacompanhados?

Para garantir a segurança e o bem-estar dos menores que viajam sozinhos de avião, as companhias aéreas têm uma série de condições que devem ser cumpridas. Algumas das principais são:

  • Autorização dos pais ou responsáveis: é necessário que os pais ou responsáveis pelo menor assinem uma autorização de viagem, que deve ser apresentada no momento do embarque.
  • Taxas adicionais: as companhias aéreas geralmente cobram uma taxa adicional pelo serviço de acompanhamento de menores.
  • Identificação: o menor deve estar de posse de documento original com foto, como RG ou passaporte.
  • Acompanhamento: a empresa deve fornecer um acompanhante para o menor durante todo o trajeto, desde o momento do check-in até a entrega do menor a uma pessoa autorizada no destino.
  • Informações: é importante que os pais ou responsáveis informem a companhia aérea sobre quaisquer necessidades especiais do menor, como restrições alimentares, necessidade de medicação, etc.

Dicas para uma viagem tranquila do seu filho

Além de cumprir as condições exigidas pelas companhias aéreas, existem algumas dicas que podem ajudar a tornar a viagem do seu filho ainda mais tranquila e segura:

Chegue cedo ao aeroporto: isso ajuda a evitar correria e estresse no momento do embarque.

  • Faça uma lista de contatos: é importante que o menor tenha em mãos uma lista de contatos dos pais ou responsáveis, além de telefones de emergência.
  • Deixe um kit de emergência: é recomendável que o menor tenha em sua bagagem de mão um kit de emergência com água, lanches saudáveis, medicamentos e um celular com bateria suficiente para o caso de necessidade.
  • Incentive o uso do crachá de identificação: as companhias aéreas fornecem crachás de identificação para os menores que viajam sozinhos. Esse crachá contém informações importantes sobre a viagem, como o nome do menor, número do voo, destino e informações de contato dos pais ou responsáveis. É importante que o menor esteja sempre com o crachá em local visível para facilitar a identificação por parte dos funcionários da companhia aérea. Além disso, o crachá também pode ser útil caso o menor se perca ou precise de ajuda durante a viagem.
  • Explique para o seu filho o que vai acontecer: é importante que o menor esteja ciente do processo de viagem e saiba o que esperar em cada etapa, desde o check-in até o desembarque.
  • Ensine o seu filho a se comunicar em inglês: caso a viagem seja internacional, é importante que o menor saiba se comunicar em inglês para se comunicar com os funcionários da companhia aérea e em caso de necessidade.

Viajar de avião sozinho pode ser uma experiência emocionante para os menores, mas também pode gerar muita preocupação nos pais e responsáveis. Por isso, é importante seguir todas as condições exigidas pelas companhias aéreas e tomar medidas extras para garantir a segurança e o bem-estar dos menores durante a viagem. Com essas informações e dicas em mente, a viagem do seu filho pode ser tranquila e segura. Lembre-se de que cada companhia aérea pode ter regras específicas, por isso é sempre importante consultar as políticas de cada empresa antes da viagem.

Esperamos que este artigo tenha sido útil e informativo para você. Se tiver alguma dúvida ou sugestão, não hesite em entrar em contato conosco.

Tire todas as suas dúvidas.😉

Confere essas respostas abaixo ou entre em contato com nosso suporte. Pode chegar mandando áudio que a gente ama! 💜

Como funciona a Resolvoo?

Seta para baixo

Nós somos a ponte entre o seu perrengue com voo e a solução que você precisa. É só entrar em contato com a gente, detalhar seu problema e, se aprovado, aguardar a indenização. Simples e direto do conforto da sua casa.

Tem custo?

Seta para baixo

NÃO! O risco é todo nosso, você não precisa se preocupar. Nossa consultoria é totalmente online e gratuita. Só recebemos uma pequena porcentagem, se der ganho de causa.
"E se não ganhar?" Você, passageiro, não terá gasto algum e, também, ficamos sem receber.
Não tem pegadinha!

E demora?

Seta para baixo

Após o envio de toda a documentação e início do pedido de indenização, costuma levar de 60 a 90 dias para sair o dinheiro. Alguns casos mais complexos podem levar mais tempo, mas deixamos você a par de tudo!

É totalmente online? Devo comparecer em audiência?

Seta para baixo

Totalmente online e para qualquer lugar do Brasil! Inclusive é válido para voos internacionais, se o destino ou origem for o Brasil. Nos consulte para mais detalhes.